Duas turistas morrem em naufrágio de Catamarã em Maragogi (AL)

 Duas turistas morrem em naufrágio de Catamarã em Maragogi (AL)

O grupo de turistas do Ceará que estava no Catamarã que naufragou em Maragogi, em Alagoas, deixando duas idosas mortas, não estava com coletes salva-vidas. De acordo com o empresário, Tarcísio Gomes da Silva, que estava no passeio, não foi disponibilizado o equipamento de segurança para nenhum integrante da empresa Maragales, responsável pela embarcação Tô A Toa. Tarcísio é filho de uma das vítimas, Lucimar Gomes da Silva, 69. A outra vítima foi identificada como Maria de Fátima Façanha da Silva, 65.

Na tarde deste sábado (27), o Catamarã naufragou no mar de Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas, após colidir contra uma pedra, em uma área conhecida como “Buraco”, segundo informou o Corpo de Bombeiros.

Em nota, a Marinha informou que vai investigar o caso e que um inquérito será aberto para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente. A Prefeitura de Maragogi e a Associação dos Proprietários de Catamarãs de Maragogi (ACPM) informaram que o proprietário do Catamarã não tinha autorização para transportar passageiros, e que já havia sido autuado por realizar passeios clandestinos.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *