FBC, Jarbas, Raul e o Sertão

 FBC, Jarbas, Raul e o Sertão

A reaproximação entre os senadores Jarbas Vasconcelos, Fernando Bezerra Coelho e o deputado federal Raul Henry, vem causando inquietação em lideranças políticas de vários municípios do sertão pernambucano. Lagoa Grande, Cabrobó, Salgueiro e Serrita, foram alguns deles que em 2016 o então vice-governador Raul Henry esteve presente. Em todos eles Raul subiu em palanques de adversário do senador Fernando Bezerra Coelho. Raul perdeu em apenas um município, que foi em Serrita com o candidato Aleudo.

Passados dois anos e meio dessas administrações, apenas um dos três prefeitos eleitos com apoio de Henry permanece seu aliado, e um dos deles se aliou exatamente ao ex desafeto de Raul Henry. Raul conta como aliados o prefeito de Lagoa Grande, Vilmar Cappellaro e com Aleudo, derrotado nas eleições de 2016 para o candidato de Fernando Bezerra Coelho. Entre os vitoriosos de Henry em 2016, está Clebel Cordeiro que é o prefeito do maior município desses quatro da lista do MDB-PE.

O que realmente foi acordado entre os caciques do MDB de Pernambuco? Só pra refrescar a memória, Jarbas nunca escondeu de ninguém sua repulsa ao PT, por essa razão é possível antever a saída do MDB de Jarbas do governo de Paulo Câmara. Com essa aliança cada vez mais consolidada entre PSB e PT, a sobrevivência do MDB vai depender dos próximos passos de suas lideranças visando às eleições de 2020. Em Recife já é dado como certo uma majoritária formada por PSB e do PT, por essa razão não está descartada a possibilidade do MDB lançar candidatura própria.

E o Sertão como vai ficar depois dessa reaproximação entre Jarbas, FBC e Henry? Lagoa Grande administrada por Cappellaro e que vai tentar a reeleição, seu principal adversário é aliadíssimo de Fernando Bezerra. Em Cabrobó o aliado de Bezerra Coelho é o ex-prefeito Eudes Caldas, já o de Raul é o presidente da câmara. Os dois não falam a mesma língua e estarão em palanques opostos, resta saber com quem vai ficar o MDB se é com o aliado de Henry ou de FBC. Salgueiro a situação será menos complexa, já em Serrita a principal liderança política de lá, o ex-prefeito Carlos Cecílio é aliado de FBC, todavia o líder das oposições faz parte do grupo de Henry.

Em relação à Cabrobó o que já se sabe de concreto é da saída do prefeito Marcilio Cavalcanti do MDB, com isso ele deixa o caminho livre para uma eventual disputa entre o presidente da câmara Dim saraiva e o ex-prefeito Eudes Caldas. Vai depender agora de como os caciques do partido no estado vão se comportar nas questões internas do município da transposição, se prevalecer a liderança de Fernando Bezerra o partido deve ficar sob o domínio de Eudes, prevalecendo o que foi anteriormente acordado por Raul Henry a legenda fica com o presidente da câmara municipal.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *