Pagamento do Abono Salarial ano-base 2017 injeta R$ 17,3 bilhões na economia

 Pagamento do Abono Salarial ano-base 2017 injeta R$ 17,3 bilhões na economia

Valor corresponde ao pagamento de até um salário mínimo a 22,5 milhões de trabalhadores

O Abono Salarial do PIS/Pasep injetou na economia R$ 17,3 bilhões entre julho do ano passado e junho deste ano. O valor corresponde ao pagamento de até um salário mínimo a 22,5 milhões de trabalhadores que receberam o benefício. Isso significa que 91,72%  dos trabalhadores com direito ao Abono Salarial sacaram o dinheiro. Os mais de R$ 17 milhões pagos representam mais de 91% do total que foi disponibilizado em 26 de julho de 2018.

Tinham direito ao abono pessoas que trabalharam formalmente em 2017 com renda mensal média de até dois salários mínimos. Elas tinham que estar inscritas no PIS/Pasep há pelos menos cinco anos, ter trabalhado por, no mínimo, 30 dias em 2017 e terem sido registradas pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O prazo para saque terminou no último dia 28 de junho. Mais de 2 milhões de pessoas não procuraram as agências bancárias para sacar o dinheiro, o que representa cerca de 8% do total originalmente disponível, conforme anunciado em julho de 2018. Mais de R$ 1,3 bilhão retornarão ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), fonte usada para pagamento de benefícios como o abono e o Seguro-Desemprego. O trabalhador que perdeu o prazo para sacar o benefício deverá buscar orientações em uma das unidades de atendimento da Secretaria de Trabalho ou entrar em contato com Central de Atendimento 158 para se informar acerca das medidas que deverá tomar.

Na região Nordeste dos 5.497.081 trabalhadores que estariam aptos a receber esse beneficio, compareceram 94,59%, ou seja, 5.182.630 trabalhadores. Ficaram sem receber 269.451 trabalhadores, o que significa o valor de R$ 193.939.785,69 que retorna para o FAT. Todavia nesse período de julho do ano passado até junho deste ano, a economia do Nordeste foi reforçada com uma injeção de R$ 4.124.927.102,50. Já no estado de Pernambuco a relação de trabalhadores era de 1.019.674, desses 94,15% compareceram as agencias e retiraram o abono. A economia do estado foi reforçada com uma injeção de R$ 757.231.523,04.

Fonte: Ministério da Economia

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *