Parceria entre Controladoria-Geral e Polícia Civil fortalece combate à corrupção

 Parceria entre Controladoria-Geral e Polícia Civil fortalece combate à corrupção

Foto: Assessoria de Comunicação Secretaria da Controladoria-Geral do Estado

O primeiro passo em uma importante parceria entre a Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) e a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) foi dado nesta quinta-feira (25), com o início do curso “Técnicas de investigação”. Promovida pela Escola da Controle Interno (ECI/SCGE), a iniciativa vem para fortalecer e solidificar as ações do Governo do Estado no combate à corrupção.

A programação teve início com o tema “Observatório da Despesa Pública (ODP)”, que tem como objetivo auxiliar na prevenção e combate à corrupção e no monitoramento dos gastos públicos. Auditoria (compreensão, nivelamento e exposição práticas de técnicas realizadas em auditorias internas) e conceitos de investigação policial (prova, evidência e indício) foram outros assuntos apresentados nesta quinta-feira.

Mais de 30 servidores da própria SCGE e do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado da Polícia Civil (Draco/PCPE) participam do curso, que segue até esta sexta-feira, dia 26, quando serão abordados os temas lavagem de dinheiro e outras técnicas utilizadas pela Polícia Civil, com apresentação de casos reais. A proposta é possibilitar a troca de informações e experiências dos dois órgãos, visando fortalecer as ações de prevenção e repressão à corrupção em Pernambuco.

Dividido em quatro módulos, o curso tem 16 horas de aulas ministradas por Taciana Amorim e Hugo Santiago, respectivamente,coordenadora de Informações Estratégicas e diretor de Auditoria da SCGE; além de Viviane Santa Cruz, Diego Pinheiro e Izaias Novaes, que integram a equipe do Draco. Com esta iniciativa, a SCGE e PCPE colocam em prática o convênio de cooperação técnica assinado no final de 2018 e consolidado em janeiro deste ano, que prevê um regime de mútua colaboração para o compartilhamento de sistemas, processos, práticas, produtos e metodologias.

“Esta importante integração e interação dos dois órgãos, só têm a contribuir para o fortalecimento das políticas que visam inibir práticas ilícitas contra a administração pública”, destacou a secretária da SCGE, Érika Lacet, em seu discurso de boas-vindas aos participantes do curso. Presente na abertura da programação, a delegada Sylvana Lellis, que chefia o Draco, frisou que esta importante agenda veio para ficar. “Esse é o primeiro de vários cursos que iremos promover, em parceria, no sentido de fortalecer os agentes de controle do Estado. Um intercâmbio de trabalhos complementares. A proposta é aprimorar as ferramentas institucionais”,disse. Na condução da programação do curso estão Thayse Galvão e Karla Sabino, respectivamente, diretora de Orientação ao Gestor e Informações Estratégicas (DOGI) e coordenadora da ECI/SCGE.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *