Troca de experiências marca reuniões de representantes da SCGE em Brasília

 Troca de experiências marca reuniões de representantes da SCGE em Brasília

Fotos: Assessorias CGDF e CGU

Uma comitiva da Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) esteve em Brasília (DF), na última segunda-feira (15), para uma agenda de reuniões na Controladoria-Geral da União (CGU) e na Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF). Além da troca de experiências entre as instituições, foi destaque na pauta com a CGU o modelo internacional de auditoria interna (IA-CM), que foi implementado pelo órgão federal e vem sendo colocado em prática em Pernambuco.

No período da manhã, a secretária da SCGE, Érika Lacet, e assessores estiveram na sede da CGDF, onde foram recebidos pelo controlador-geral executivo, Guilherme Modesto. Lá, participaram do Intercâmbio de Boas Práticas, que faz parte da estratégia da CGDF, visando disseminar e compartilhar com outras entidades ações que contribuam para o aperfeiçoamento e desenvolvimento de competências no âmbito do trabalho.

No encontro, a comitiva da SCGE apresentou projetos como o Sistema de Monitoramento e Análise de Riscos; o Plano de Promoção da Qualidade do Gasto (Qualigasto); a Educação Fiscal; as ações da Escola de Controle Interno (ECI); o PEOrienta; além de outros serviços. Durante o encontro também foi possível conhecer a estrutura da CGDF, sua forma de funcionamento, além dos principais projetos e produtos, dentre eles, o sistema integrado de correição.

“Tivemos a oportunidade de conhecer as iniciativas da CGDF e de apresentar um pouco da experiência de Pernambuco, além de estreitar a relação para ter uma melhoria na gestão pública através do controle interno”, ressaltou Érika Lacet. Na programação em Brasília, a secretária foi acompanhada pelo chefe de Gabinete, Daniel Penaforte, o diretor de Auditoria, Hugo Santiago, e a diretora de Planejamento e Gestão, Elisa Andrade.

Pela CGDF, participaram da reunião a subcontroladora de Correição Administrativa substituta, Alessandra Mendes Ferreira, a chefe da Assessoria de Gestão Estratégica e Projetos, Carina Emi Ohara, a assessora de Relações Institucionais do Gabinete, Cecília Fonseca, o assessor da Ouvidoria-Geral, Cleiton Oki de Brito, a subcontroladora de Tecnologia da Informação e Comunicação, Débora Gonçalves, o ouvidor-geral substituto, Frederico Aragão Veras, a coordenadora de Transparência e Governo Aberto, Rejane Vaz de Abreu, o assessor especial da Subcontroladoria de Controle Interno, Vítor Teixeira Pessoa, o diretor de execução da Subcontroladoria de Correição Administrativa, Adriano Leal Pimentel, e o coordenador de Combate à Corrupção, Daniel Alves Lima.

IA-CM – Já no período da tarde, a equipe da SCGE esteve reunida com Antônio Carlos Bezerra Leonel, secretário federal de Controle Interno da CGU. Lá, conheceram a experiência na implantação do IA-CM, de 2017 até os dias atuais, e a perspectiva futura. “Diante do que foi apresentado, temos subsídios para analisar a melhor forma de aplicar o modelo em nossa estrutura de auditoria”, destacou a secretária.

Dentro da adequação ao modelo internacional, a SCGE vem fazendo a autoavaliação dos indicativos propostos pelo IA-CM, que são serviços e o papel da auditoria interna, gerenciamento de pessoas, práticas profissionais, gerenciamento do desempenho e prestação de contas, cultura e relacionamento organizacional e estruturas de governança.

Idealizado pelo Instituto de Auditores Internos (IIA), o IA-CM é uma matriz, já difundida em vários países, que identifica os fundamentos necessários para uma auditoria interna eficaz no setor público. Ela ilustra os níveis e estágios por meio do qual uma atividade de auditoria interna pode evoluir e melhorar os seus processos e práticas ao longo do tempo.

Na sede da CGU, também participaram da reunião com a comitiva da SCGE, o secretário federal adjunto de Controle Interno, Gustavo de Queiroz Chaves; o auditor federal de Finanças e Controle, Leonardo Modesti Donin; e a chefe de divisão do gabinete da Secretaria Federal de Controle Interno, Giani Nakano.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *